Aprendizagem Profissional

Para comentários, acesse as introduções destes posts na "Página Inicial" do blog.

REUNIÃO DA COORDENAÇÃO COLEGIADA DO FOPAP
E GEAPRO – GRUPO DE ESTUDOS DA APRENDIZAGEM

A reunião, realizada no dia 15 de junho, produziu uma avaliação qualificada do “I Seminário FOPAP – Qualidade e Sustentabilidade da Aprendizagem Profissional”, realizado em 20 de maio de 2015 na unidade Consolação do SENAC-SP, dando início ao planejamento das atividades do FOPAP para o 2º semestre deste ano de 2015. A síntese da avaliação será divulgada em breve.
A proposta da Secretaria Executiva do FOPAP para a Avaliação e o Planejamento organizou os participantes por intermédio de um roteiro temático de aproveitamento dos conteúdos principais do I Seminário como fonte norteadora das próximas atividades do FOPAP. Parte-se da premissa de que o Seminário, conforme previsto tornou-se um marco de referência para a vida do FOPAP e dos protagonistas da Aprendizagem Profissional no estado de São Paulo, merecendo, pois, o tratamento e aprofundamento intensivo de seus conteúdos como material de aperfeiçoamento das nossas reflexões e práticas.
Para tanto, pensamos no roteiro a seguir como esboço inicial de um grande vídeo didático para divulgação, orientação e estudo da Aprendizagem, o qual poderia inspirar um ou mais mini-vídeos de divulgação, além da possibilidade de gerar uma publicação coletiva impressa. O esboço segue, em linhas gerais, a programação do I Seminário, com algumas complementações sugestivas.
A contribuição de cada participante desta reunião focalizará um ou mais dos tópicos deste roteiro, o que não impede eventuais apreciações gerais sobre o conjunto do Seminário.
Esta proposta é oportuna porque o I Seminário, além de suas reconhecidas virtudes gerais em termos de boa organização, amplo comparecimento e interesse dos convidados, efetivação do seu caráter programático-prospectivo para o aperfeiçoamento da Aprendizagem Profissional no estado de São Paulo, bem como a boa consistência dos temas abordados, conseguiu produzir um riquíssimo material áudio-visual, escrito e testemunhal sobre cada etapa do evento, suscetível de degravações, seleções e edições de variadas modalidades possíveis. Devemos desde logo compartilhar toda essa riqueza coletiva e decidir conjuntamente as formas factíveis e mais produtivas de aproveitamento e socialização dos materiais.
Tal como no exemplo exitoso do “Vídeo FOPAP”, tudo aquilo que produzirmos a partir desses materiais de iniciativa do FOPAP deverá ater-se ao caráter institucional desse coletivo, sem predileções e propaganda nominal de instituições e pessoas envolvidas do Fórum e de seus apoiadores externos.
Precisamos de um(a) relator(a) para anotar a sequência desta reunião, tendo em vista a preparação de um bom Relato pela Secretaria Executiva, que servirá de base para a convocação e condução da próxima plenária FOPAP.


AVALIAÇÃO E PLANEJAMENTO EM TORNO DOS TÓPICOS DESTE ROTEIRO

1.      A Aprendizagem Profissional como política pública de Estado
1.1.   Perfil do Programa Nacional de Aprendizagem Profissional
1.2.   Conquistas fundamentais
1.3.   Desafios pela frente: “o que falta?”
2.      A missão dos Fóruns de Aprendizagem e do FOPAP
2.1.   Presença e ação dos Fóruns
2.2.   Diversidade dos seguimentos e das instituições de Aprendizagem
2.3.   Memórias essenciais dos 5 anos de FOPAP
2.4.   Perspectivas de revitalização do FOPAP
3.      Ideal e prática de melhoria da Qualidade da Aprendizagem Profissional
3.1.   A qualidade dos projetos de educação para o trabalho
3.2.   A qualidade das instituições formadoras e apoiadoras da Aprendizagem
3.3.   A qualidade da formação dos Aprendizes
3.4.   Interações com empresas e órgãos públicos para melhoria da Qualidade
3.5.   Qualidade como pré-requisito da autêntica Sustentabilidade
4.      Ideal e prática de melhoria da Sustentabilidade
4.1.   As dimensões da Sustentabilidade autêntica
4.2.   Principais formas de Sustentabilidade das instituições de Aprendizagem
4.3.   Interações com empresas e órgãos públicos para a Sustentabilidade
4.4.   Perspectivas de melhoria da Sustentabilidade
5.      O FOPAP como indutor de Qualidade e Sustentabilidade da Aprendizagem
5.1.   O I Seminário enquanto marco referencial
5.2.   Inventário do acervo material e humano do Seminário e do FOPAP nessa missão, tais como: perguntas e respostas, filmagens, apresentações, falas, lista de presenças, estatísticas etc.
5.3.   Formas de aproveitamento dos recursos disponíveis
5.4.   Ampliação de parcerias desejáveis e possíveis, tais como: representações patronais, instituições aplicadas à observação da Aprendizagem Profissional etc.
5.5.   Distribuição de responsabilidades em um projeto participativo
6.      Questões correlatas impactantes sobre a Aprendizagem Profissional
6.1.   Plano Nacional de Aprendizagem Profissional e perspectivas de relacionamento com o FNAP (novo RI) e a coordenação geral de Aprendizagem do MTE
6.2.   Conjunturas e problemas gerais que afetam o desenvolvimento da Aprendizagem, tais como o PL de Terceirização, efetivação dos egressos no mercado de trabalho, a relação dirigentes-gestores-pedagogos nas instituições formadoras e contratantes de Aprendizes, conjuntura política e sócio-econômica do país etc.
6.3.   Rol de atividades do FOPAP para o 2º semestre de 2015


Realizado o “I Seminário FOPAP:
Qualidade e Sustentabilidade da
Aprendizagem Profissional”

O Seminário foi promovido pelo Fórum Paulista de Aprendizagem Profissional (FOPAP) no dia 20 de maio de 2015, das 08h30 às 17 horas, no auditório da unidade SENAC Consolação, à Rua Dr. Vila Nova, 245.

Confira, abaixo, algumas fotos do evento. Em breve, o rico material áudio-visual e escrito produzido pela realização do Seminário chegará aos interessados em diversas modalidades de divulgação e propostas pedagógicas de aprofundamento dos temas.

Comemoramos os cinco anos e oito meses de profícua existência do FOPAP com a apresentação e debate de temas da mais alta relevância para o desenvolvimento da qualificação profissional e da empregabilidade de adolescentes e jovens no Brasil.

1º painel (manhã)
  • Qualidade da educação-aprendizagem para o mundo do trabalho
2º painel (tarde)
  • Raízes históricas do modelo atual de Aprendizagem Profissional
  • Desenvolvimento da Aprendizagem Profissional como política pública de Estado
  • Condições de sustentabilidade da Aprendizagem Profissional
Foi um grande sucesso! Superou todas as expectativas! Lotou o auditório do SESC Consolação com a presença de mais de 230 participantes que, em geral, permaneceram atentos do começo ao fim das atividades, inclusive contribuindo ativamente com os debates junto aos expositores dos temas: Marcos Bragança, Ângela Simões e Valquíria Cordeiro, Ana Lúcia Alencastro e José Roberto de Melo. Foi explicado que as perguntas não atendidas na ocasião, por falta de tempo, terão as respostas enviadas aos respectivos interessados.

Contou com protagonistas extremamente significativos para o desenvolvimento da Aprendizagem Profissional no estado de São Paulo e Brasil, vindos de vários municípios do estado: representantes das instituições formadoras vinculadas ao Fórum, muitos dirigentes e orientadores da área pedagógica das mesmas e alguns Aprendizes, além de representantes de empresas contratantes de Aprendizes e de órgãos públicos municipais em processo de implantação de uma política de Aprendizagem Profissional na administração pública.

Destacaram-se, ainda, as vozes firmes e comprometidas de autoridades responsáveis pelo fortalecimento do Programa de Aprendizagem Profissional. Além do ex-superintendente regional do trabalho e emprego em São Paulo, José Roberto de Melo, que tanto prestigiou a Aprendizagem durante sua gestão, prestaram vigoroso apoio ao Programa o atual superintendente regional, Luiz Antonio Medeiros, o chefe da Fiscalização do Trabalho na Superintendência, Marco Antonio Melchior, AFT, a coordenadora estadual de fiscalização da Aprendizagem, Alice Grant Marzano, AFT, bem como a coordenadora nacional da área de Aprendizagem no MTE e do FNAP - Fórum Nacional de Aprendizagem, Ana Lúcia Alencastro. Ela fez uma importante avaliação crítica sobre o processo de construção do Programa de Aprendizagem Profissional enquanto política pública de Estado.

O evento foi profissional e cativante ao mesmo tempo. O êxito se deve sobretudo à intensa dedicação da equipe do GEAPRO - Grupo de Estudos da Aprendizagem no Fórum, que ficou responsável pela trabalhosa organização do evento. A coordenadora do GEAPRO, Márcia Pavão, que também foi a mestre de cerimônias do evento, é o símbolo maior da dedicação desses membros do FOPAP à causa da Aprendizagem. O Seminário se beneficiou também de várias formas de colaboração voluntária: o aporte generoso de recursos diversos por dezenas de instituições apoiadoras que viabilizaram o excelente serviço de alimentação, destacando-se o SENAC-SP, que mais uma vez franqueou gentilmente o seu belo auditório nobre da unidade Consolação juntamente com funcionário operador e recursos de som e imagem.

Os expositores e debatedores dos temas abrilhantaram o evento com apresentações bem preparadas, densas em conteúdo e eloquentes no estilo. Além da ampla cobertura fotográfica, todo o evento foi gravado e filmado, com o apoio voluntário de duas entidades formadoras, uma das quais trouxe um pequeno grupo de aprendizes e sua orientadora que transformaram a filmagem numa atividade pedagógica criativa. Dispõe-se, portanto, de precioso material documental, para dele extrair vídeos e textos de divulgação e estudo, conforme o objetivo anunciado de transformar o I Seminário em uma fonte privilegiada de subsídios e inspiração de conteúdos e dinâmicas para as próximas atividades do FOPAP junto com seus membros e parceiros.

O Superintendente Regional de São Paulo, Luiz Antonio Medeiros elogiou o alto nível de mobilização e organização do Seminário; exaltou a importância social da boa preparação dos adolescentes e jovens para o primeiro emprego via Aprendizagem Profissional; recordou que se trata de uma política pública estratégica do Ministério do Trabalho e Emprego e de sua Superintendência Regional em São Paulo, que exige renovada atenção dos Auditores Fiscais do Trabalho e servidores dedicados aos programas sociais do MTE. Assegurou que nas próximas reuniões com os Gerentes das 24 gerências regionais no estado vai insistir na tarefa essencial de promover nas Gerências Regionais, periodicamente, encontros de mobilização de empresas e órgãos públicas das respectivas regiões para aprofundarem o conhecimento do Programa e o compromisso de ampliação de oportunidades de contratação de Aprendizes, com a presença das entidades formadoras das regiões. Ressaltou que a finalidade última da Fiscalização do Trabalho é corrigir, regularizar situações trabalhistas; portanto, não é simplesmente punir.

O chefe da Seção de Fiscalização da SRTE-SP, Marco Antonio Melchior, AFT, ressaltou que, não obstante o grave problema de redução do contingente de Auditores Fiscais de Trabalho para monitorar as relações de trabalho neste estado que representa mais de 30% da economia avançada do país, a fiscalização do Programa de Aprendizagem Profissional continua sendo um foco privilegiado de ação, com uma meta exigente de propiciar a contratação de 44 mil Aprendizes durante este ano de 2015 no estado de São Paulo, por intermédio da ação fiscalizatória.

Nossa contribuição pessoal consistiu na coordenação geral do evento, na apresentação das "Memórias essenciais dos 5 anos de FOPAP" (cujo texto completo está disponível neste blog), bem como a participação como mediador e debatedor de módulos temáticos dos painéis. Sou imensamente grato a Deus pela força que tem dado nessa longa caminhada e suas fecundas realizações, certeza que suscita gratidão profunda pela dedicação generosa dessa legião de educadores e gestores que, na Aprendizagem, dão o melhor de si pelo crescimento humano e profissional de milhares de adolescentes e jovens sedentos por aprender a viver e trabalhar com sabedoria e competência.

O caminho da educação profissional competente, tão necessária para a aceleração de um desenvolvimento sócio-econômico consistente da sociedade brasileira, encontra na práxis da Aprendizagem Profissional um campo exemplar de realizações inspiradoras!

É preciso que as empresas e órgãos públicos, responsáveis pela contratação de Aprendizes - que ainda pode avançar para a meta de pelo menos 1,2 milhões de Aprendizes efetivos - tomem consciência da importância estratégica desse investimento para o sucesso de seus empreendimentos, dos jovens e do país. Mais do que obrigação legal, é um dever ético para com o engrandecimento do Brasil!

VEJA ALGUMAS FOTOS [clique na foto para ampliar em sequência]:



















Curta as "Memórias essenciais dos 5 anos de FOPAP (2009 a 2015)" clicando aqui: http://www.paper4web.com.br/Preview.aspx?id=11581

O Vídeo FOPAP: ‘Aprendizagem: um novo olhar!” pode ser assistido por meio do link www.youtube.com/watch?v=nX5FJWDDZ-k. Seu lançamento se deu no encontro realizado em 27/04/2012, auditório do SENAC Consolação.
Veja a 1ª Reunião Plenária de instalação do FOPAP (em 19-11-2009), reportada pelo "R7 Notícias", clicando aqui1ª Plenária.  Realizou-se em abril de 2015 a 44ª Plenária.

Postei alguns textos de Aprendizagem e FOPAP  na página seguinte deste blog intitulada "Escritos".