quarta-feira, 26 de julho de 2017

RELATO SOBRE A REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA 07/07/2017 DA
COORDENAÇÃO COLEGIADA DO FOPAP COM O
DIRETOR DO DEPTO. DE POLÍTICAS DE EMPREGABILIDADE DA SPPE/MTb

Os tópicos abaixo sumarizados fazem parte do amplo relato que fizemos daquela importante reunião, que servirá como subsídio para o desenvolvimento das próximas atividades do FOPAP - Fórum Paulista de Aprendizagem Profissional.

A. Pressupostos básicos
B. Tópicos debatidos
1. A questão do registro de “escolas técnicas privadas” no CNAP
2.Elaboração urgente do novo Plano Nacional de Aprendizagem
a) Reafirmação do potencial nacional das vagas de Aprendizagem
b) Viabilização das “cotas sociais” conforme Portaria MTb nº 693/2017
c) Fomento da Aprendizagem nos órgãos da Administração Pública
d) Representatividade dos Fóruns Estaduais de Aprendizagem
3. Outros temas essenciais ao aperfeiçoamento da Aprendizagem
a) Ampliar o protagonismo dos AFTs na vida do Programa           
b) Multiplicar contratação de aprendizes em regiões do estado
c) Melhoria urgente dos instrumentos e recursos do Programa no MTb
d) Riscos de retrocesso dos níveis de contratação de Aprendizes
C. Frentes estratégicas de ação para o FOPAP
1. Campos fundamentais de interlocução institucional
2. Diversos campos de protagonismo desafiam os fóruns estaduais

Ética da Responsabilidade e Poder em Hans Jonas

Com este estudo pretendo avaliar na obra do filósofo Hans Jonas O princípio responsabilidade – Ensaio de uma ética para a civilização tecnológica os vetores de uma Ética da Responsabilidade e suas relações com o poder. Será apresentado no II Colóquio Internacional de Filosofia Francesa e Cultura, na Universidade Estadual do Maranhão, em outubro de 2017.
O vertiginoso desenvolvimento científico-tecnológico da modernidade transformou radicalmente a natureza da ação humana ampliando de forma exponencial o seu poder de intervenção sobre o curso da natureza e da história, a ponto de representar séria ameaça à sobrevivência do planeta. Essa gigantesca influência da ação humana tecnificada deixou de encontrar enquadramento nos parâmetros éticos tradicionais. Exige urgente revisão crítica do pensamento ético rumo a “uma nova ética de responsabilidade de longo alcance, proporcional à amplitude de nosso poder” capaz de imensos impactos sobre o destino da vida humana e das coisas extra-humanas.
Mesmo admitindo a pertinência da ética tradicional na orientação de muitos aspectos da vida humana, precisamos de uma ética renovada capaz de suscitar a responsabilidade humana diante do poder transformador da ação tecnificada sobre o presente e futuro. Ela se condensaria neste imperativo moral: “Aja de modo a que os efeitos de tua ação sejam compatíveis com a permanência de uma autêntica vida humana sobre a terra”, que englobe, portanto, o bem das futuras gerações.
Trata-se de uma nova ética que inclui o nosso dever para com o futuro. Ainda que, no plano da fé religiosa, essa atitude pudesse apoiar-se numa vontade transcendente, o autor opta pela abordagem imanente. Funda o imperativo dessa ética da responsabilidade para com a existência da humanidade sobre o único comportamento naturalmente altruísta do ser humano: o sentimento paterno/materno de cuidado com a vida da criança que os adultos autônomos normalmente cultivam. Recorre à metafísica leibniziana da “primazia absoluta do Ser diante do nada”, compromisso radical de responsabilidade pela preservação da existência do Ser circunscrito à temporalidade. Responsabilidade que ultrapassa o presente para valorizar um horizonte de futuro, na moralidade individual e na prática política.

segunda-feira, 1 de agosto de 2016

RETOMADA DOS POSTS E RESTABELECIMENTO DA PÁGINA "ESCRITOS"


Peço desculpas aos prezados frequentadores deste blog pela prolongada interrupção de postagens. Espero retomá-las com maior regularidade a partir desta data (1º de agosto de 2016). Com relação à página "Escritos", pude, finalmente, restabelecer os links dos textos na Web por meio do aplicativo Google Drive, que substitui o anterior, permitindo a atualização dos meus escritos até junho/2016 e a visualização dos mesmos. Basta clicar sobre cada título na lista da página "Escritos".

Venho investindo cada vez mais na produção de textos de filosofia, sobretudo nos campos da ética e da filosofia política, em função dos cursos e seminários relacionados com minha participação no programa de pós-graduação do Departamento de Filosofia da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP), no qual estou realizando o doutorado focado em pesquisa sobre "Trabalho humano, tecnociência e reconhecimento ético na filosofia de Henrique Cláudio de Lima Vaz". A pesquisa tenta resgatar o melhor de minha trajetória pessoal e profissional na perspectiva de construir uma nova síntese intelectual aberta à retomada intensiva da vida acadêmica como pesquisador e professor. É precisamente nessa direção que imagino a evolução deste blog e de outros instrumentos de interação com os interlocutores e amigos que vão cruzando as trilhas desse caminho.

A figura de meu dileto mestre e autor de referência, o Pe. Vaz,sj (1921-1982) tornou-se mais do que nunca a grande fonte de inspiração de vida pessoal e filosófica na fidelidade dinâmica e criativa aos princípios humanísticos cristãos que ele transmitiu magistralmente e que continuam alimentando o crescimento intelectual de tantas pessoas afeitas ao extraordinário legado filosófico de sua vasta obra. Esta é muito bem cultivada até hoje pela FAJE - Faculdade de Filosofia do Jesuítas, em Belo Horizonte, à qual Lima Vaz dedicou os melhores anos de sua vida na formação integral de tantos jovens para a construção de um mundo mais livre, justo e fraterno.

terça-feira, 23 de junho de 2015

Dirigentes da SERT-SP recebem comissão do FOPES para interação com a Economia Solidária

O novo titular da SERT-SP (Secretaria Estadual de Emprego e Relações do Trabalho), José Luiz Ribeiro, juntamente com seu adjunto Eufrozino Pereira, receberam hoje pela manhã (23/06/2015) em seu gabinete uma comissão de cinco membros da Coordenação Executiva do FOPES - Fórum Paulista de Economia Solidária para tratar detalhadamente das interfaces desse programa com a sua Secretaria e o Governo do Estado de São Paulo. Revelaram-se sobremaneira receptivos, sensíveis ao assunto e prontos para viabilizar pontes de interação institucional.

Veja na página "Economia Solidária" do blog um relato sobre esse encontro e os compromissos assumidos.

sexta-feira, 19 de junho de 2015

FOPES aprova o Plano de Economia Solidária do Estado de São Paulo - 2015-2019

Em reunião ampliada realizada hoje (19/06/2015) pelo FOPES (Fórum Paulista de Economia Solidária) na sede da SRTE-SP/MTE, com a participação de representantes dos fóruns regionais/municipais da economia solidária, foi discutido e aprovado oficialmente o "Plano de Economia Solidária do Estado de São Paulo 2015-2010" , fruto da III Conferência Estadual de Economia Solidária do Estado de São Paulo, realizada de 15 a 17 de maio de 2014 em São Bernardo do Campo.

Emblematicamente, o Plano Estadual é aprovado um dia após a aprovação do 1º Plano Nacional de Economia Solidária (2015-2019), homologado pelo Ministro do Trabalho e Emprego por meio da Resolução nº 06, de 26/03/2015, publicada no Diário Oficial da União de ontem, 18/06/2015, com "o objetivo de promover o direito de produzir e viver de forma associativa e sustentável, a partir de deliberações da 3ª Conferência Nacional de Economia Solidária (CONAES)" (notícia do site MTE).

Veja o post completo na página "Economia Solidária" deste blog, com as metas do Plano de Economia Solidária do Estado de São Paulo 2015-2019.

sexta-feira, 12 de junho de 2015


COORDENAÇÃO COLEGIADA E GEAPRO
AVALIAM O I SEMINÁRIO FOPAP



A CC reunida com o GEAPRO em 15/06 realizou a avaliação do “I Seminário FOPAP – Qualidade e Sustentabilidade da Aprendizagem Profissional”, realizado em 20 de maio de 2015 na unidade Consolação do SENAC-SP, dando início ao planejamento das atividades do FOPAP para o 2º semestre deste ano de 2015. A síntese da avaliação será divulgada em breve.

A proposta da Secretaria Executiva do FOPAP para a Avaliação e o Planejamento consiste em organizar a participação dos presentes por intermédio de um roteiro temático de aproveitamento dos conteúdos principais do I Seminário como fonte norteadora das próximas atividades do FOPAP. Parte-se da premissa de que o Seminário, conforme previsto tornou-se um marco de referência para a vida do FOPAP e dos protagonistas da Aprendizagem Profissional no estado de São Paulo, merecendo, pois, o tratamento e aprofundamento intensivo de seus conteúdos como material de aperfeiçoamento das nossas reflexões e práticas.
Leia o texto integral da proposta na página "Aprendizagem Profissional", neste blog.

sexta-feira, 5 de junho de 2015

FNAP vai debater Plano Nacional de Aprendizagem e outros temas estruturantes

Finalmente o FNAP - Fórum Nacional de Aprendizagem Profissional colocou em pauta de discussão (para a 2ª reunião extraordinária, dia 10 de junho de 2015, em Brasília), os temas mais relevantes do momento para o desenvolvimento do programa e a consolidação do mesmo como política pública de Estado:

  • as prioridades do Plano Nacional de Aprendizagem Profissional - PNAP (Ações 1, 5, 6, 7, 8 e 9),
  • destaca-se a abordagem específica da 1ª ação que interessa sobremaneira às entidades formadoras de Aprendizes: o Projeto de Lei de extensão da Aprendizagem para a Administração Pública Direta,
  • a apresentação de um Plano de Comunicação para o Programa, essencial para a divulgação do programa e a mobilização das empresas, órgãos públicos e opinião pública em geral sobre as vantagens da ampliação de contratação de adolescentes e jovens Aprendizes,
  • o Projeto de Lei nº 4.330/2004 em tramitação no Congresso, sobre a Terceirização, e a sua relação com a Aprendizagem Profissional e
  • apresentação e debate sobre a consolidação do Arco de ocupações do Desporto.
Tal iniciativa atende a um insistente pleito do FOPAP - Fórum Paulista de Aprendizagem Profissional no sentido de envolver os participantes do FNAP com discussões substantivas sobre os grandes desafios nacionais do Programa. Essa reunião terá a presença do novo Secretário Executivo do MTE e do Diretor do Depto. de Políticas de Trabalho e Emprego para a Juventude, da SPPE/MTE.

A maioria das instituições de Aprendizagem vinculadas à Coordenação Colegiada do FNAP tem as suas sedes no estado de São Paulo, cujos representantes participam ativamente do FOPAP. Por isso, este Fórum Paulista tem uma representação forte no FNAP para compartilhar as experiências e expectativas mais significativas deste estado com os demais protagonistas públicos e privados da Aprendizagem Profissional no país.

Caberá ao FOPAP apropriar-se do debate e proposições relevantes para inserir os avanços nas práticas de suas instituições-membro.